A conta judicial aberta pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) para receber os repasses bloqueados da monetização dos canais no Youtube, Instagram e Facebook de apoiadores de Jair Bolsonaro tem um saldo positivo de cerca de R$ 500 mil. Os valores foram depositados desde 16 de agosto, quando o ministro Luís Felipe Salomão, corregedor-geral da Justiça Eleitoral, determ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários