O governador Ronaldo Caiado (DEM) fez uma declaração na quinta-feira (16) que pouco repercutiu, considerando sua relevância. Em entrevista no Colégio Estadual Céu Azul, em Valparaíso de Goiás, onde o professor Júlio César Barroso de Souza foi assassinado por um estudante de 17 anos, Caiado disse que a militarização de escolas não é “solução para tudo”, mas alternativa para…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários