O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste sábado (2) que pegou a gravação das ligações da portaria do condomínio Vivendas da Barra, no Rio de Janeiro, onde ele tem casa, para evitar adulteração no conteúdo. As gravações tratam sobre a visita de Élcio de Queiroz, um dos acusados de matar a vereadora Marielle Franco (Psol), ao condomínio no dia do crime, em mar...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários