Atualizada em 6.3 às 10h04. Apesar de destacar no tema deste ano o diálogo, a Campanha da Fraternidade expôs divisão entre diferentes grupos que compõem a sua organização. O texto-base desta edição citou assuntos como crimes contra minorias (mulheres, negros, indígenas e comunidade LGBTQI+) e fez críticas à negação da ciência durante a pandemia, provocando diferentes...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários