Executivos do grupo Enel foram surpreendidos ontem com sugestão do governador de Goiás, Ronaldo Caiado (DEM). Em reunião sobre a distribuição de energia no Estado, realizada pela manhã no Palácio Pedro Ludovico, ele sugeriu que a multinacional italiana venda a concessionária goiana para outra empresa privada. E ainda afirmou que a portuguesa EDP, que atua em São Paulo e ...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários