O presidente Jair Bolsonaro está longe de se afastar das polêmicas relacionadas à ditadura militar. Na manhã desta quinta-feira, 8, Bolsonaro disse que o coronel Brilhante Ustra, chefe do DOI-Codi, um dos principais órgãos de repressão política durante a ditadura militar, é um “herói nacional”. Como mostrou o BR18, hoje o chefe do Executivo recebe n...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários