O presidente da República, Jair Bolsonaro, afirmou ontem que vetará eventual alteração que o Congresso possa fazer na medida provisória que libera os saques do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para quebrar o monopólio da Caixa como operadora do fundo.“Se o Congresso decidir quebrar o monopólio da Caixa, eu a vetarei segundo orientação da própria ministério E...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários