O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta terça-feira (8) que “errou” e cometeu um “equívoco” ao atribuir ao TCU (Tribunal de Contas da União) a autoria de um relatório sobre mortes causada pela Covid-19 no ano passado. O chefe do Executivo insistiu, contudo, que há uma supernotificação do número de mortes causadas pelo vírus e afirmou que pedirá u...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários