Em balanço do primeiro mês de gestão, o governador Ronaldo Caiado (DEM) disse nesta terça-feira (5) que uma das medidas a serem adotadas é a reestruturação do Vapt Vupt, "com exoneração de servidores ociosos e fechamento de unidades pouco utilizadas pela população". Segundo ele, a economia anual estimada é de R$ 51,7 milhões.

A notícia deixou em polvorosa servidores e lideranças políticas do interior. Procurada, a Secretaria de Gestão e Planejamento (Segplan) informou que há um projeto em estudo, mas ainda não foi batido o martelo sobre as medidas. 

O blog apurou, com informações de bastidores, que 10% das unidades - hoje são 80 - podem ser fechadas ou alvo de remanejamentos. 

O governador afirmou ainda que pretende reduzir gastos com aluguel das unidades que serão mantidas. Ele disse que prefeitos já ofereceram bancar a locação de imóveis. Também está em estudo a padronização dos contratos para manutenção das unidades e dos salários de servidores. 

A Segplan descarta, por enquanto, a terceirização das gestão, como pretendia o governo anterior.

*** 
E-mail: fabiana.pulcineli@opopular.com.br
Twitter: @fpulcineli
Facebook: fabiana.pulcineli
Instagram: @fpulcineli

Acesse o Blog Fabiana Pulcineli