Em conversas ontem (1º) em Brasília com a cúpula do PP nacional e o novo presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o partido em Goiás decidiu retomar as articulações com o governador Ronaldo Caiado (DEM) para integrar a base, mesmo após a exoneração do irmão do presidente estadual da sigla, Alexandre Baldy, da Secretaria de Cultura (Secult). Adriano Baldy perdeu o espaço no governo na semana passada em retaliação de Caiado às cobranças do irmão sobre um po...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários