O juiz Leão Aparecido Alves, da 11a Vara Federal de Goiás, determinou o envio do processo da Operação Confraria, que investigou suposto esquema de pagamento de propina, lavagem de dinheiro e ocultação de patrimônio em desvios na Companhia de Desenvolvimento Econômico do Estado de Goiás (Codego) em dezembro de 2018, à Justiça Eleitoral. Ele acatou na quinta-feira (27) p...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários