Determinado a manter distância das eleições em Goiânia, o prefeito Iris Rezende (MDB) disse a um grupo de profissionais da Educação na quinta-feira (15) que nem sequer vai votar em 15 de novembro. "Como me aposentei da política, vou ficar distante de todo processo. Neste ano não vou nem votar", disse.

Em reunião para assinatura de pagamento de gratificações e progressões, o emedebista ouviu de uma professora o lamento pela aposentadoria política dele. Em resposta, reafirmou que ficará de fora, mas defendeu voto consciente da população e disse que os professores têm papel importante como formadores de opinião e que é preciso escolher candidatos que valorizem a educação.

"Vou ficar fora e não vou votar, mas não posso deixar de falar sobre a importância desta escolha, que definirá o nosso futuro e o futuro dos nossos filhos e netos. Como professores, são formadores de opinião, vocês podem contribuir de forma decisiva neste processo da democracia", disse, segundo relatos de presentes.

O ex-governador Maguito Vilela (MDB) tem se esforçado para se colocar como representante da continuidade da gestão de Iris, usando inclusive vídeo antigo do prefeito o elogiando na propaganda eleitoral na televisão.

****

E-mail: fabiana.pulcineli@opopular.com.br
Twitter: @fpulcineli
Facebook: fabiana.pulcineli
Instagram: @fpulcineli