O presidente da Agência da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia (GCM), José Eulálio Vieira, deve deixar o cargo nesta segunda-feira (7) após conversa com o prefeito Iris Rezende (MDB), marcada para 16 horas. A troca tem a ver com a divulgação de supostas fotos íntimas do presidente. Na última terça-feira (1), Eulálio registrou ocorrência policial por difamação contra...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários