A bancada evangélica na Assembleia Legislativa partiu para a ofensiva contra nomes indicados para compor o Conselho Estadual de Educação acusando-os de defender "ideologia de gênero". Deputados do grupo obtiveram a primeira vitória com a retirada da indicação da advogada Mayra Caiado Paranhos, feita pelo governador Ronaldo Caiado (DEM). Agora os parlamentares querem...

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários