A Assembleia Legislativa do Estado de Goiás vota nesta quinta-feira (15) o projeto de lei que concede o título honorífico de cidadã goiana à cantora Joelma, ex-vocalista da banda Calypso. O PL foi proposto no último dia 22 de fevereiro pelo deputado estadual Marlúcio Pereira (PSB). Se aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a proposta retorna para aprovação no plenário.

Newsletter O POPULAR - Receba no seu e-mail informação de confiança

* preenchimento obrigatório

Joelma reside em Goiânia há menos de um mês. Na matéria, o deputado justifica a concessão do título fazendo referência apenas à trajetória artística da cantora, que já recebeu diversos prêmios durante a carreira.

Já em nota enviada ao POPULAR, o parlamentar informou que o título se dá pelo fato da cantora defender a causa da violência contra a mulher. De acordo com o comunicado, ele “percebeu que a artista segue o mesmo pensamento” que ele, o que lhe "motivou a apresentar tal projeto de lei”. “Assim como nós, a Joelma é uma defensora dos direitos da mulher e da não violência contra elas. Por isso acreditamos que ela é merecedora”, justifica Marlúcio.

O parlamentar já apresentou outros projetos em favor da causa, entre eles um que dispõe sobre o monitoramento eletrônico de agressores. Ele também é autor da lei que autoriza a Guarda Civil Metropolitana a atender ocorrências de violência doméstica.

Marlúcio alega que “sempre foi criterioso quanto às suas proposituras de qualquer tipo de homenagem e reconhecimento e considera a artista merecedora de tal honraria”.

O deputado já foi questionado por Títulos Honoríficos de Cidadãos Goianos aprovados pela Assembleia Legislativa a personalidades, como o prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), e a blogueira Rafaella Kalimann. “Com todo respeito aos homenageados, mas temos certeza que a Joelma também é uma merecedora desse título por hoje representar estas importantes causas sociais e da luta contra a violência à mulher. A relevância está justamente no fato de, ao entregarmos este título, vamos despertar outras embaixadoras desta bandeira”, defende.

O POPULAR entrou em contato com a assessoria da cantora Joelma, mas não recebeu resposta até a publicação da reportagem.

Em sua canção lançada mais recentemente, no dia 8 de março, Dia Internacional da Mulher, Joelma canta, ao lado de Marília Mendonça, "Perdeu a Razão", que faz referência à agressão contra mulher.