Além de Alexandre Frota (SP), expulso nesta terça-feira, 13, do PSL, mais dois dos 54 deputados estão ameaçados de ter de deixar o partido. Nos casos de Bibo Nunes (RS) e Alê Silva (MG), porém, a rixa é com o presidente nacional da sigla, deputado Luciano Bivar (PE), e não com o presidente Jair Bolsonaro. Nunes e Alê defendem a renovação no comando da legenda em nov...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários