Depois do feito histórico de se eleger prefeito de Goiânia internado em uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI) para tratar da Covid-19 e ser empossado com assinatura digital no dia 1º de janeiro, Maguito Vilela (MDB) morreu na madrugada de quarta-feira (13) no Hospital Albert Einstein em São Paulo, aos 71 anos. Foram 84 dias de um tratamento instável, que incluiu gra...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários