O governador Ronaldo Caiado (DEM) não foi o único a defender as mudanças no Fundo de Aporte à Celg Distribuição (Funac), que faz parte das condições prometidas na venda da distribuidora para a Enel, em 2016. Os ex-governadores Marconi Perillo (PSDB) – que propôs e sancionou a Lei 17.555 de 2012, que criou o fundo – e José Eliton (PSDB) também enviaram projetos para a...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários