Durante a apresentação do relatório da CPI que investiga os incentivos fiscais, ontem, o deputado Antônio Gomide (PT) defendeu que é necessário dizer o nome das empresas cujo custo-emprego foi de R$ 833 mil por mês. “Tem gente que pega o dinheiro e aplica corretamente e tem gente que não. Quem?” Ele ainda afirmou que o Estado tem vários auditores fiscais e questionou: ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários