Em nova licitação, conforme informou o Giro nesta segunda-feira (26), a Assembleia Legislativa de Goiás estima gastar quase R$ 1,8 milhão no contrato de locação de equipamentos para retomar o programa Alego Ativa, que deixou de ser promovido desde o início da pandemia da Covid-19. A quantia é quase quatro vezes maior do que o valor final do último contrato firmado para pr...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários