A Advocacia-Geral da União defendeu, perante o Supremo Tribunal Federal (STF), a legalidade do inquérito aberto para investigar fake news e ofensas a ministros da Corte. O parecer datado de 3 de abril pede a improcedência de uma ação movida pela Rede Sustentabilidade, que comparou o procedimento, conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes, ao Ato Institucional n.º 5, d...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários