Com proposta de continuidade e com as contas públicas equilibradas, a nova gestão em Goiânia tendia a começar com o pé no acelerador. No entanto, os cem primeiros dias da administração foram de turbulências e instabilidade, dificultando a identificação de marcas ou estilo do prefeito Rogério Cruz (Republicanos) na largada.A morte do prefeito eleito Maguito Vilela (MD...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários