O governo de Goiás informou, nesta terça-feira (13), que o engenheiro e primo do governador, Ênio Caiado, pediu para deixar a presidência da Companhia de investimento e Parcerias do Estado de Goiás (Goiás Parcerias) para se dedicar a interesses pessoais. O atual diretor Financeiro, de Relações com Investidores e Novos Negócios da Companhia, Diego Oliveira Soares, foi i...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários