Pouco mais de 2 meses depois da morte do prefeito eleito Maguito Vilela, a Igreja Universal sai dos templos esvaziados pelo vírus para buscar mais espaço no governo do afilhado político, o pastor licenciado Rogério Cruz.

O apetite por cargos já indispõe Cruz com o MDB, cujas baixas já se fazem sentir no primeiro escalão.

É sobre essas mexidas nada celestiais que Caio Henrique Salgado e Marcos Carreiro se debruçam nesse Giro 306 #104.

Curte o nosso podcast? Assine O POPULAR e ajuda a mantê-lo no ar.