Há exatos seis meses, fomos convocados ao recolhimento em nossos lugares mais privados. Não há dúvida de que as mudanças ocorridas trouxeram alterações diretas na subjetividade. De repente, nos vimos obrigados a nos internar em nossas próprias “clínicas particulares”. Muitas vezes apenas ponto de passagem, nossos lares se tornaram parada obrigatória. Sob ameaça de...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários