A vida tem coisas tão grandiosas e tão belas, e às vezes, tão difíceis de se chegar a elas, que gosto de chamá-las de milagres. Na minha lista coloco quatro itens: a risada, o brilho cúmplice do olhar entre duas pessoas, o orgasmo. Os três primeiros falam da mesma coisa: um momento de encontro entre dois seres humanos. Um milagre. Freud ao falar do xiste (pi...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários