O IBGE aponta que a maioria da população, 51,8%, pertence ao gênero feminino. Contudo, se levarmos essa estatística para o universo político, a realidade se torna completamente inversa. Muito já se avançou, mudanças culturais e tecnológicas despontaram, a legislação passou a atuar para solucionar e resguardar a participação feminina no processo eleitoral, mas, infelizmente, por questões…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários