Não foi por acaso que o auditor Alexandre Figueiredo Costa e Silva Marques plantou um estudo falso no site do Tribunal de Contas da União (TCU), sorrateiramente, num domingo à noite, e já na segunda-feira de manhã o presidente Jair Bolsonaro fazia uso político, e de certa forma imoral, para alimentar sua militância. Foi uma operação casada, deliberada, com inspiração no…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários