Adeus, Fidel

Meu primeiro entendimento da luta de classes era objetivo, “científico”. Aos dez anos, eu achava que não tinha santo: nesse conflito, você só podia defender os interesses da classe à qual você pertencia.

Minha família era de classe média abastada; portanto, eu era “burguês” e só poderia defender os interesses da burguesia.

Essa visão do mundo (simplória, mas…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários