"Antes de complicar, é preciso fazer direito o que deve ser feito”

Cada vez mais usamos uma linguagem com menor compromisso com a realidade e mais exagero, ou seja, estamos viciados em hipérboles, em rotular coisas até abaixo dos padrões essenciais como sendo “experiências…

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários