Não ficamos parados

"Respeitamos dados técnicos e, sobretudo,a voz de quem está nas cidades vivendo uma crise real”

A epidemia vai passar e não tenho dúvidas que sairemos mais fortes e com muito mais integração para a reconstrução que será necessária. O mundo e, rapidamente, o Brasil foi surpreendido por um vírus invisível que mata.…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários