O governo comemora a aprovação pelo Supremo Tribunal Federal (STF) o ingresso de Goiás no Regime de Recuperação fiscal (RRF) e o funcionalismo público vê a corda apertar ainda mais o seu pescoço. Trata-se de mais um teto de gastos e investimentos, só que em nível estadual, o que engessará…

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários