A culpa não é sua, mãe!

"Ninguém deve comemorar a morte de ninguém. Nem do bandido. Nem do doente mental em surto psicótico”

Não é sobre gostar de bandidos. É sobre gostar de gente. De respeitar a vida. O direito à vida. De entender que ninguém nasce bandido e…

Você se interessou por este conteúdo?

Seja nosso convidado.

É só usar as chaves para abrir até
5 conteúdos por mês.
QUERO ASSINAR

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários