Salários

Em uma votação relâmpago, a Câmara de Goiânia aprovou quinta-feira reajuste salarial da ordem de 35% para os futuros vereadores, secretários municipais, vice-prefeito e o prefeito. Cabe à legislatura atual aprovar os salários dos futuros eleitos, mas como 30 dos 35 parlamentares são candidatos à reeleição, é claramente de interesse da maioria.

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários