O YouTube removeu de seu serviço canais de grupos supremacistas por violarem "repetidamente" suas regras, por exemplo, alegando que certos indivíduos são inferiores a outros, informou nesta segunda-feira (29) a plataforma de vídeo do Google. A lista de canais removidos inclui a de David Duke, conhecido por ter sido o líder da Ku Klux Klan; o canal do líder altern...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários