"A situação de saúde na União Europeia é muito séria" e exige "extrema vigilância", afirmou no noite desta quinta (21) a presidente da Comissão Europeia (Executivo da UE), Ursula von der Leyen. Por causa da ameaça de novas variantes mais contagiosas, o bloco criou uma nova classificação de segurança, a "zona vermelho-escura", para indicar locais em que há alta circulação d...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários