A União Europeia reabriu ontem suas fronteiras internas após meses de isolamento para frear a propagação do coronavírus. A iniciativa veio em meio ao medo de uma segunda onda de contaminações na China e a situação crítica na América Latina. Apesar de um acordo prévio, cada país adotou um protocolo de permissão de entrada de visitantes.Ontem, Alemanha, Bélgica, Franç...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários