O chanceler do México, Marcelo Ebrard, anunciou nesta segunda-feira, 12, que o fluxo de imigrantes ilegais que cruzam a fronteira para os Estados Unidos, sobretudo centro-americanos, diminuiu 74,5% em oito meses desde que o México apresentou seu plano de migração e desenvolvimento. "As travessias para os EUA tiveram uma redução de 74,5%, coincidindo com os resgates...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários