Após décadas de fuga, o terrorista espanhol Carlos García Juliá retornou nesta sexta-feira, 7, a uma prisão na Espanha, nos arredores de Madri, depois de ter sido extraditado pelo Brasil. García Juliá foi um dos arquitetos de um dos maiores atentados políticos da Espanha, o ataque que ficou conhecido como “Massacre de Atocha” e pelo qual ele f...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários