A disparada no número de casos de Covid-19 no Brasil, que ocupa quase metade da América do Sul e tem uma fronteira porosa de 16.885 quilômetros com quase todos os países da região, vem tirando o sono do continente. A falta de uma estratégia do governo brasileiro incomoda especialmente governos que, ao mesmo tempo que traçam planos para sair de um longo período de isolamento, t...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários