Com resolução de quatro vezes as das telas planas, a Samsung anunciou o início da venda de sua televisão com tela de 110 polegadas por 160 milhões de won (cerca de R$ 365 mil) na Coreia do Sul.
 
No ano passado, as duas principais fabricantes de TV no mundo,  a Samsung e sua rival LG, alardearam o Oled (diodo orgânico emissor de luz) como o futuro da TV. As telas de Oled são ultrafinas e podem exibir imagens com maior claridade e maior saturação de cor.
 
Mas elas não conseguiram massificar as TVs de Oled que pudessem substituir as TVs de LCD (cristal líquido) e ainda sofrem para fabricar em grande escala aparelhos acessíveis com Oled. Enquanto isso, veículos  japoneses divulgaram na semana passada que a Sony e a Panasonic decidiram findar sua parceria para Oled.
 
A Samsung afirma ter recebido 10 pedidos de suas TVs "premium" vindos do Oriente Médio. Anteriormente, a maior TV UHD da Samsung tinha 85 polegadas. As TVs ultra-HD também são conhecidas como 4K.
 
Redação com agências