O governo russo descarta por ora uma investigação criminal sobre as circunstâncias que levaram o opositor Alexei Navalni a ser internado, naquilo que médicos alemães afirmam ser um caso de envenenamento. "É preciso [ter] uma razão para uma investigação. Você precisa primeiro encontrar uma toxina e estabelecer o que causou essa condição. Até aqui, temos um pacien...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários