Um grande deslocamento militar russo na fronteira da Ucrânia e na península da Crimeia elevou a tensão no leste do país europeu, levando o Ocidente a prometer apoio a Kiev no caso de uma agressão de Moscou. Nesta segunda, enquanto a União Europeia se unia aos Estados Unidos para prometer "apoio inabalável" aos ucranianos, um dos líderes separatistas da região do Don...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários