Horas depois que o Nobel da Paz foi entregue a um editor russo, Dmitri Muratov --além da filipina Maria Ressa--, por sua "coragem de lutar pela liberdade de expressão", o Ministério da Justiça da Rússia informou que passou a considerar uma série de jornalistas e publicações como "agentes estrangeiros". A designação era usada nos tempos da Guerra Fria para rotula...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários