O presidente chileno, Sebastián Piñera, determinou nesta terça-feira (12) a militarização de quatro zonas das regiões de BioBío e Araucanía por causa do que chamou de "grave alteração da ordem pública", ligada diretamente a conflitos com mapuches que se acirraram nos últimos dias. O anúncio foi feito no Palácio de la Moneda, sede do governo chileno, onde Piñera falou ...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários