O ministro de relações exteriores da Ucrânia, Vadim Prystaiko, informou ontem que passageiros de sete países morreram no acidente aéreo com o Boeing 737 que caiu logo após decolar do aeroporto de Teerã, no Irã, na madrugada de ontem. Ninguém sobreviveu.A maioria das vítimas é iraniana - 82 mortos; 63 canadenses e 11 ucranianos - 9 destes, membros da tripulação -, a...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários