Um papa não viaja à toa. E Francisco parece empenhado em voltar a mexer peças, espalhando suas mensagens, no xadrez da geopolítica. No domingo (12) ele inicia uma viagem, que deve durar até a quarta-feira (15), a dois países da antiga Cortina de Ferro: Hungria e Eslováquia. Será o segundo tour papal em meio à pandemia, depois de uma visita ao Iraque no primeiro semest...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS

Navegue pelo assunto:

Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários