O papa Francisco admitiu nesta terça-feira, 5, pela primeira vez que vários padres e bispos abusaram sexualmente de freiras e se comprometeu a fazer mais para lutar contra essa situação. O pontífice, falando a jornalistas que viajavam com ele no voo de volta dos Emirados Árabes ao Vaticano, lembrou que o papa Bento XVI tomou medidas contra uma ordem francesa após as f...

Olá, esta matéria é exclusiva para assinantes.

Não sou Assinante.

Para ler a matéria você pode usar as chaves de convidado e desbloquear o conteúdo.
QUERO ASSINAR
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários