O papa Francisco fez neste sábado um balanço de 2016 em cerimônia na qual pediu que as sociedades abandonem a lógica do privilégio em favor do encontro e propiciem uma maior inclusão dos jovens para que possam construir um futuro digno. "Se queremos apontar um futuro que seja digno para eles (os jovens), só poderemos alcançá-lo apostando em uma verdadeira inclus...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários