Apesar do aumento das detenções e das ameaças da junta militar que controla o país contra a população civil para tentar impedir os protestos na rua, a mobilização contra o golpe de Estado em Mianmar continua. Nesta sexta-feira (12), que marca o sétimo dia consecutivo de protestos, manifestantes voltaram às ruas em todo o país e três pessoas ficaram feridas após e...

Você se interessou por esta matéria?

Assinar O Popular

Você terá acesso ilimitado
a todo o conteúdo
VER PLANOS
Os comentários publicados aqui não representam a opinião do jornal e são de total responsabilidade de seus autores.

Comentários